para quem eu sempre amei

quinta-feira, junho 16, 2016


Who's gonna be the first to say goodbye?

E num momento você não estava mais aqui. Foi embora sem explicações ou um simples adeus, deixando-me perdida na minha própria saudade, remoendo nossas melhores lembranças.

Cada momento que compartilhamos, cada sorriso que você arrancou do meu rosto. Eu faria o possível e o impossível para tê-lo de volta. Para me desculpar, para lhe pedir que fique. Que fique comigo e continue a me fazer feliz. Porque só agora eu pude perceber o quão bem você me fazia, o quão importante você foi pra mim. Me arrependo de não conseguir ter tido tempo para entender o que era esse sentimento.

Às vezes nós nos apaixonamos e nem percebemos.

Acho que o amor é isso, afinal. A confusão que se instala em nossas cabeças e não os deixa parar de pensar na pessoa que se ama. A vontade de sempre ter algum assunto, nem que seja qualquer besteira que esteja passando na televisão. Era isso que eu mais queria agora. Apenas ouvir sua voz.

Mas o amor chega tão rápido e tão intenso, que nem temos tempo para perceber o que está acontecendo. E quando finalmente eu consegui assimilar as coisas e perceber que era você quem trazia essa sensação boa, o frio na barriga e a felicidade sem tamanho em estar estar ao seu lado, eu te perdi. Você foi embora e a culpa é toda minha, afinal o amor não espera para sempre, você não podia esperar para sempre.

Eu me apaixonei por você, rapidamente e de uma forma que eu não tive tempo nem para assimilar esse sentimento. Eu fui tola de não ter aproveitado mais os momentos com você, fui ingênua ao não deixar-me envolver.

Mas posso dizer que valeu a pena. Até mesmo os instantes de solidão, como se algo houvesse sido arrancado de mim. Agora é tarde para arrependimentos e eu posso afirmar que amo você. Na verdade, sempre amei, mas fui tola de não perceber isso. Fui tola em tê-lo perdido para sempre. Mas saiba que foi você quem eu sempre amei.

Leia esses também

10 comentários

Seguidores