Resenha: Cretino Irresistível - Christina Lauren

segunda-feira, junho 22, 2015


Cretino Irresistível narra a história de Chloe Mills, estagiária na empresa Ryan Media Group e nunca teve problemas no emprego, até que o filho do seu chefe volta da França para assumir o departamento em que Chloe trabalha. Bennet Ryan é autoritário, exigente, arrogante e um empresário muito bonito. Não é à toa que todas as mulheres da empresa o chamam de Cretino Irresistível. Para ajudar, ele é também um terrível chefe para Chloe. Os dois não se suportam e trocam farpas a cada minuto.
Tanto Bennet quanto Chloe possuem personalidades fortes e ninguém fica para trás quando eles brigam. E é por isso que são tão parecidos e mesmo se odiando durante quase o tempo todo, é impossível negar que haja um certo desejo e atração entre os dois.

“Senti o desejo familiar de socá-lo se espalhar pelo meu corpo e isso me acalmou. Tudo ficava muito mais claro quando ele se comportava como um babaca.”


Eles continuam brigando, Bennet continua mandando Chloe realizar tarefas impossíveis de serem cumpridas no prazo, mas mesmo assim, querem tirar as roupas e fazer coisas até então proibidas para um relacionamento entre chefe e estagiária.
A partir daí, qualquer encontro que haja entre os dois acaba em sexo. Eles não conseguem ficar  um longe do outro, porém, esse sexo sem compromisso começa a preocupá-los, já que eles trabalham na mesma empresa e isso pode prejudicá-los. Eles sabem onde se meteram, mas nenhum dos dois quer acabar com o que eles têm.

"Eu ao mesmo tempo amava e odiava o que ele me fazia sentir. Eu nunca tinha sido alguém que perde o controle facilmente, mas quando ele me tocava daquele jeito eu simplesmente jogava tudo pela janela, tudo o que eu fora”
 


A leitura é envolvente e viciante e faz com que os leitores torçam pelo casal. Os capítulos são alternados entre Bennet e Chloe e isso faz com que possamos saber o que cada um está sentindo e podemos conhecer melhor os dois. Chloe não é a mocinha, frágil e sensível. Ela está sempre à altura de Bennet, respondendo às suas provocações e confrontando-o sempre que possível.
Não é um livro que contém apenas sexo. Podemos acompanhar o relacionamento dos dois e a forma como eles desenvolvem uma relação de cumplicidade, carinho e amizade. 

Eu gostei bastante do rumo que a história tomou, porque vemos que são dois personagens com problemas bem reais, que qualquer um pode ter, e que o relacionamento deles não é só flores e que tudo é bem difícil de lidar, mas eles conseguem superar todos os obstáculos para tentarem ficar juntos.

"Eu estava me apaixonando por ela, mais rápido e mais profundamente do que achava ser possível. E eu estava apavorado por causa disso. "

Eu gostei bastante do livro, tem vários clichês (mas quem não gosta de um clichê?), mas vale a pena sim a leitura! Ele é o primeiro da série e estou ansiosa para poder ler os outros!

Espero que tenham gostado da resenha e também do livro! Ficaram com vontade de ler? 

Leia esses também

13 comentários

Seguidores