Resenha: Onde Deixarei meu Coração - Sarra Manning

quarta-feira, fevereiro 25, 2015


Percebi hoje que esse ano eu li vários livros e não fiz resenha de nenhum! Por isso, hoje vim falar desse livro mais que lindo, que de cara já me conquistou pela capa maravilhosa! E sim, eu julgo livros pela capa, pronto falei hahaha E como eu citei ele lá na TAG "Doenças Literárias", como livro muito doce, nada mais justo do que resenhá-lo.

O livro conta a história de Bea que, segundo ela, é uma garota sem graça e com uma vida pacata. Ela tem um emprego chato, poucos amigos e não faz coisas muito divertidas. Mas tudo vira de ponta cabeça quando Ruby e suas amigas populares a chamam para viajar com elas. Mesmo suspeitando da ideia estranha das meninas a chamarem para uma viagem, Bea acaba aceitando e vai para a Espanha.

Porém, alguns acontecimentos fazem Bea entrar em um trem para Paris em apenas dois dias de viagem. Então ela decide se aventurar sozinha em um país diferente e com medo de que sua mãe controladora descubra que ela não está mais na companhia de suas "amigas" e sim, indo em busca do pai que nunca conheceu.

"Mas o negócio era que eu não queria fazer o que as outras garotas da minha idade faziam, que era ficar bêbada, dar uns amassos nos garotos e arrumar problemas com os pais. Quero dizer, pra quê? Você só acabava de ressaca, com chupões e sem mesada."


No caminho, ela conhece Toph e seus amigos, que estão à passeio na cidade, e a ajudam a se encontrar, já que ela não conhecia nada da cidade. E então, daí, nasce uma amizade com o grupo de mochileiros e Bea passa a acompanhá-los e isso inclui diversos momentos ao lado de Toph.

"Não quero beijar garotos estranhos em quartos estranhos. Eu quero romance. Quero ser louca por um garoto, e que ele seja louco por mim também, assim, mesmo que a gente acabe cometendo um erro, ele não me abandone num piscar de olhos. Mas romance parece estar tão fora de moda quanto usar um vestido da Primark."


Bea e Toph continuam a viagem juntos e logo se tornam melhores amigos. Mas novamente, acontecem coisas que deixam Bea sem rumo novamente, sem saber o que fazer.

Mas ela enfrenta todos os problemas, entre amizades, família e relacionamentos, e conseguimos perceber que com isso, Bea amadurece e consegue lidar com essas situações da melhor forma possível. E ao ler o livro, você acaba torcendo por ela, mesmo com suas piores escolhas, porque percebemos que a vida não é perfeita e que ela, assim como nós, sempre erramos, mas estamos em busca do melhor para nossas vidas.

É impossível não se apaixonar pela história, pelo clima (muito fofo, muito doce) parisiense e pelo casal mais bonitinho que eu já vi ♥ A história é envolvente, leve e divertida.

"Eu esperei para me apaixonar e ser a garota que sempre quis ser, e essa garota não espera que a vida aconteça, ela a faz acontecer."

Gostaram da resenha? Alguém mais leu e se apaixonou pelo livro?  

Leia esses também

23 comentários

Seguidores