Resenha: A Seleção - Kiera Cass

sexta-feira, julho 25, 2014


Semana passada eu levei apenas quatro horas para terminar de ler "A Escolha" e chorar que nem uma idiota com o final (que não é triste, eu chorei porque eu sou assim hahaha), eu percebi que essa trilogia foi uma das minhas preferidas e não tinha nenhuma resenha aqui no blog! Por isso decidi fazer a resenha do primeiro livro, que é um amor, para vocês!

Eu já tinha visto várias pessoas falando bem do livro, mas nunca me interessei a ler (porque não gosto muito de histórias com princesas e tal), mas quando eu cheguei na livraria, peguei o livro e li as primeiras páginas, eu decidi levar, esperando não me arrepender. 
E não me arrependi!


A história se passa em um futuro após a queda dos Estados Unidos e o surgimento de um novo país, Illéa. É um país jovem, com regime monárquico e com uma sociedade dividida em oito castas, onde maior o número, mais pobre você é. America Singer é uma ruiva de 16 anos que pertence a casta Cinco, dos artistas, e foi uma das convocadas para A Seleção, um concurso onde uma garota terá a oportunidade de se casar com o príncipe. 

Mas para America, participar de um concurso onde você nem conhece direito o seu possível futuro marido, é um absurdo. Ela também teria que deixar para trás sua família, a música e seu namoro proibido com Aspen, da casta Seis, já que é quase inadmissível o casamento entre pessoas de castas diferentes.


Mas com a insistência de sua mãe, que acha um sonho, e de Aspen, ela se inscreve, mesmo não se preocupando muito em ser selecionada. Mas ela estava errada e foi uma das 35 garotas selecionadas para ir ao palácio e disputar pelo coração do príncipe Maxon.

Ela só aceitou ir por causa do dinheiro envolvido, que deixaria sua família com uma boa condição de vida. Mas então ela conhece o príncipe. Educado, engraçado, gentil e preocupado com seu povo. Mesmo assim, America acha que aquela vida não é para ela, e constrói uma amizade com Maxon, e com o decorrer do livro, ela começa a refletir sobre sua nova vida - onde não tinha planejado nada disso - e o futuro que gostaria de ter se não estivesse na Seleção. 


A história é muito boa! Super recomendo! Você se envolve demais com os personagens e começa a torcer por eles. O que eu mais gostei foi o jeito que America se comportou no palácio, claro que às vezes me deu vontade de bater nela, mas a teimosia e sua vontade de fazer as coisas certas e justas para o povo, deixou a história bem mais empolgante.


Gostaram da resenha? 

xoxo

Leia esses também

12 comentários

Seguidores